Jordânia prende guia espiritual da Al Qaeda por incitar terrorismo

As forças de segurança jordanianas prenderam o guia espiritual influente da Al Qaeda, Abu Mohammad al Maqdisi, nesta segunda-feira por suspeita de incitar o terrorismo na Internet, disseram fontes de segurança.

REUTERS

27 de outubro de 2014 | 16h00

Elas afirmaram que Maqdisi ficará preso por 15 dias depois que foi chamado para interrogatório pelo procurador do Estado, e foi inicialmente acusado de "usar a Internet para promover e incitar opiniões das organizações terroristas jihadistas".

O intelectual autodidata era visto como o guia espiritual do líder morto da Al Qaeda no Iraque Abu Musab al-Zarqawi, e o instituto de pesquisas da Academia Militar de West Point, dos Estados Unidos, considera o homem como o mentor islâmico vivo mais influente.

(Reportagem de Suleiman Al-Khalidi)

Mais conteúdo sobre:
JORDANIAGUIAALQAEDAPRESO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.