Jornais britânicos pagarão R$ 1,8 mi a pais de Madeleine por difamação

Diários publicaram matérias sugerindo envolvimento dos pais no sumiço de Maddie.

Da BBC Brasil, BBC

19 de março de 2008 | 09h30

Um grupo de jornais britânicos foi condenado a pagar 550 mil libras (R$ 1,8 milhão) aos pais da menina Madeleine McCann por ter publicado matérias que sugeriram seu envolvimento no desaparecimento da filha, em maio do ano passado, em Portugal.A sentença é resultado de um processo por difamação movido pela família contra a empresa Express Newspapers, dona dos títulos Daily Express, Daily Star, Sunday Express e Daily Star Sunday.Em suas edições desta quarta-feira, dois deles trouxeram pedidos de desculpas - os outros dois são publicados aos domingos.As publicações admitiram ter errado ao sugerir que o casal era responsável pelo sumiço da menina, que foi levada de um resort na Praia da Luz, em Portugal, no dia 3 de maio. O paradeiro de Madeleine é desconhecido até hoje."Kate e Gerry McCann: desculpas", diz a manchete de primeira página do Daily Express.Em setembro, Gerry e Kate McCann foram considerados suspeitos pela polícia portuguesa de envolvimento no caso e sempre negaram a acusação.Falta de evidênciasNa matéria desta quarta-feira, o Daily Express reconheceu que "um número de matérias no jornal sugeriu que o casal causou a morte da filha desaparecida e acobertou o caso".O jornal ainda admitiu que "não contava com qualquer evidência que sustentasse tal teoria".O diário acrescentou que acredita que o casal seja "completamente inocente de qualquer envolvimento no desaparecimento da filha".Em artigo semelhante, o Daily Star publicou que "estava fazendo um pedido de desculpas sincero por escrever histórias que sugeriram que o casal seria ou poderia ser responsável pela morte da filha e que estava escondendo o fato". As edições de domingo dos dois jornais devem publicar pedidos de desculpas semelhantes neste fim-de-semana.O processo judicial movido pela família envolvia mais de 100 matérias publicadas pelos jornais. Para os advogados dos McCann, alguns artigos eram "brutalmente difamatórios".A sentença ainda estipula que o advogado do Express Newspapers terá de ler um pedido de desculpas diante de um juiz na Alta Corte britânica. Gerry e Kate McCann disseram que o dinheiro será doado ao Fundo Madeleine, dedicado às buscas pela menina. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.