Jornal árabe publica 'diários de Saddam na prisão'

Ex-presidente iraquiano teria escrito 'memórias' à mão, em cinco volumes.

Da BBC Brasil, BBC

06 de maio de 2008 | 17h45

Um jornal árabe está publicando trechos do que, segundo a publicação, seriam diários que Saddam Hussein teria escrito durante o período em que esteve na prisão.O jornal Al Hayat afirma que tratam-se de trechos das memórias do ex-líder iraquiano, escritas à mão e em cinco grandes volumes.Segundo o analista de assuntos árabes da BBC, Magdi Abdelhadi, o texto parece ter sido escrito por um homem que nunca deixou de ver a si próprio como um líder histórico.Alguns dos trechos são acompanhados pela assinatura: Saddam Hussein, Presidente e Comandante-Chefe das Forças Armadas.A linguagem utilizada soa como a de um líder falando à nação, e Saddam freqüentemente pede aos iraquianos - como fez durante seu julgamento - que se unam e resistam à ocupação.Poemas e temorO material inclui várias citações ao Alcorão e descreve os iranianos como um perigo maior para o Iraque do que os árabes do Golfo e Israel.Por outro lado, Abdelhadi diz que poemas de amor atribuídos a Saddam, e dedicados a uma mulher anônima, demonstram um sentimentalismo comum entre adolescentes que sofrem as primeiras dores de um amor não correspondido.O material também inclui detalhes sobre exames médicos e descreve o temor que o autor diz ter sentido de contrair o vírus HIV caso suas roupas tivessem sido penduradas para secar ao lado das dos guardas americanos.De acordo com o analista de assuntos árabes da BBC, os textos não deixam transparecer em nenhum momento qualquer sentimento de remorso ou de autocrítica.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.