Jovem agredido em livraria de SP passa por nova cirurgia

O designer Henrique de Carvalho Pereira, de 22 anos, agredido com um taco de beisebol na tarde de ontem na seção de livros de arte da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, região central de São Paulo, passou na madrugada de hoje por uma nova cirurgia no Hospital das Clínicas (HC). Ontem à tarde, ele já havia feito um procedimento cirúrgico. O hospital não divulgou detalhes. O estado de saúde do jovem ainda é considerado grave.

DANIELA DO CANTO, Agencia Estado

22 Dezembro 2009 | 08h13

A agressão aconteceu na tarde de ontem. Sem dizer uma palavra e visivelmente transtornado, Alessandre Fernando Aleixo, de 38 anos, usou um taco de beisebol para golpear na cabeça o designer. A vítima sofreu traumatismo craniano. Com histórico de agressão e perturbação mental, Aleixo foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio no 78º DP (Jardins).

É a terceira vez que ele vai preso. Em abril de 2008, já havia quebrado a vitrine e um televisor de plasma na mesma livraria, ato que lhe rendeu um processo. Segundo o delegado Luís Ricardo Kojo, em outubro de 2007, Aleixo foi processado por danos materiais, em um ataque numa academia.

Mais conteúdo sobre:
violência agressão livraria SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.