Jovem cai de moto aquática e morre afogado em SP

O estudante Alex Gato Júnior, de 18 anos, morreu afogado em um lago depois de cair de uma moto aquática na tarde de ontem, no bairro Camapuã, em Araçoiaba da Serra (SP). O rapaz, que levava um amigo na garupa, perdeu o controle da moto aquática ao realizar uma manobra brusca. O amigo, Danilo de Souza Silva, de 24 anos, conseguiu se salvar.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

19 Março 2012 | 16h37

De acordo com a Polícia Militar, os dois jovens eram de Cajamar, na Grande São Paulo, e não usavam coletes salva-vidas. Alex não era habilitado para dirigir o equipamento. O veículo pertence a um amigo dos rapazes, Márcio Rodrigues Santos, que também estava no local e não tinha habilitação.

O lago fica na margem da rodovia Raposo Tavares e é usado também por banhistas. Danilo contou que era a primeira vez que levavam o equipamento para o lago. Ele disse que tentou salvar o amigo, puxando-o para a margem, mas não conseguiu. O Corpo de Bombeiros de Sorocaba foi chamado para resgatar a vítima.

O corpo de Alex, encontrado em um local com profundidade de cinco metros, foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba. De acordo com policiais militares, após o acidente, a moto aquática foi retirada da água pelos jovens e levada para a garagem de uma chácara pertencente a um dos rapazes. Os policiais exigiram que o equipamento fosse levado de volta para o lago até a chegada dos peritos do Instituto de Criminalística de Sorocaba. A Polícia Civil de Araçoiaba da Serra abriu inquérito para apurar a morte. O dono do equipamento e os jovens que estavam no local serão ouvidos.

Mais conteúdo sobre:
acidente moto aquática

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.