Jovem é morto ao entrar em favela para fugir de blitz

Um rapaz ainda não identificado morreu na madrugada deste sábado, depois de escapar, com dois amigos, de uma blitz da Lei Seca em Senador Camará (zona oeste). Eles estavam em um carro roubado e, para fugir da fiscalização, entraram na favela do Sossego, onde foram recebidos a tiros. A vítima foi atingida na cabeça e morreu na hora.

LUCIANA NUNES LEAL, Estadão Conteúdo

09 Agosto 2014 | 13h13

Os sobreviventes, Roberto Campos, de 20 anos, e Eduardo Reis, de 18, foram presos em flagrante pele crime de receptação. A polícia acredita que o terceiro jovem, identificado pelos amigos como Vitor, tenha sido morto por traficantes da região, mas foram apreendidas para perícia as armas de policiais militares que perseguiram os rapazes durante a fuga. Os PMs informaram que, ao ouvirem os tiros, recuaram, pois pensaram que eram os alvos do ataque. Os rapazes foram encontrados por outra patrulha.

Mais conteúdo sobre:
violência Rio de Janeiro morte favela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.