Jovem é morto em acerto de contas entre gangues no DF

Um rapaz de 18 anos foi assassinado na madrugada de ontem por conta de atrito entre integrantes de quadrilhas rivais de Samambaia, cidade próxima a Brasília, segundo informou o delegado Edson Viana, da 26º Delegacia de Polícia. A vítima foi identificada como Mardiney de Carvalho Lopes. Três dos quatro suspeitos do crime já foram identificados e já foram decretas as prisões provisórias deles, além de mandados de busca e apreensão.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

07 Julho 2009 | 11h54

Os suspeitos armados abordaram um grupo de sete jovens que estava conversando em uma esquina. Eles foram obrigados a deitar no chão e foram agredidos com chutes e coronhadas. Quatro deles foram atingidos por balas, um na cabeça, outro no abdômen, outro na coxa e outro foi ferido por coronhada na cabeça. Os outros jovens conseguiram fugir, disse o policial.

De acordo com depoimento de testemunhas, os suspeitos chegaram perguntando ao grupo, com jovens entre os 18 e 20 anos: "Vocês é que gostam de matar o pessoal da Quadra 603?" Para o delegado, isso demonstra a rivalidade entre as gangues da região, que cometem, disse, todo o tipo de crime na cidade.

Mais conteúdo sobre:
crime violência gangues DF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.