Jovem que filmava banheiro de academia é preso na BA

O estudante de administração de empresas Tiago Silva Madureira foi preso em flagrante na noite de ontem ao tentar extorquir um dono de academia de Salvador (BA). De acordo com a polícia, o universitário frequentava o estabelecimento há cinco anos e instalou uma câmera dentro de uma lixeira do banheiro masculino. Com as imagens, o estudante pediu ao dono da academia R$ 15 mil para não divulgá-las. A vítima fingiu aceitar o acordo - chegou a negociar o valor para R$ 12 mil -, marcou um encontro com Madureira em uma praça na orla da cidade e acionou a polícia.

TIAGO DÉCIMO, Agencia Estado

13 Agosto 2009 | 20h26

O universitário foi preso assim que recebeu a quantia e entregou um DVD com as imagens ao empresário. Os policiais ainda foram à casa de Madureira, onde apreenderam o notebook usado para editar as imagens e produzir o DVD. O estudante alegou que precisava do dinheiro para pagar a faculdade e liquidar dívidas contraídas por seu pai. Ele continua detido e vai responder por crime de extorsão, com pena prevista de quatro a oito anos de prisão.

Mais conteúdo sobre:
extorsãoBAacademia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.