Jovens de classe média são presos por arruaça no Rio

Seis jovens de classe média foram detidos hoje de manhã, em Copacabana, na zona sul do Rio, por arruaça. Segundo testemunhas, eles destruíram placas de rua, lixeiras, objetos de decoração de restaurantes e vasos de plantas das portarias dos prédios. Eles foram detidos por policiais militares em um ponto de ônibus, logo depois de terem saído de uma festa no Clube Olímpico, no mesmo bairro. Todos foram levados para a 14ª Delegacia de Polícia (Leblon), na zona sul, e vão responder por dano ao patrimônio público.Para soltar os filhos, os pais tiveram que pagar uma fiança de R$ 1.900 e os adolescentes assinaram um termo de compromisso. Entre os seis jovens havia dois menores de idade. "O excesso de liberdade acaba causando esse tipo de conseqüência", disse o funcionário público José Ribamar da Silva, 55, pai de um deles, que afirmou que a partir de agora tentará impor mais limites ao filho.

AE, Agencia Estado

02 de novembro de 2007 | 18h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.