Juiz condena acusado de estupro e roubo em hotel no Rio

O juiz Rudi Baldi Loewenkron, da 34ª Vara Criminal do Rio, condenou João Yuri R. C. às penas de 23 anos de reclusão, em regime inicial fechado, de um ano e oito meses de detenção e de 140 dias-multa, por ter roubado duas estudantes e estuprado uma delas em um hotel em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro, em novembro de 2012. O juiz também negou ao réu o direito de recorrer em liberdade.

MARCELO GOMES, Agência Estado

09 de julho de 2013 | 10h01

"Os gravíssimos delitos cometidos, além dos fortes indícios do cometimento de inúmeros outros delitos patrimoniais e sexuais de características semelhantes, evidenciam que o réu é um perigoso criminoso serial, fazendo-se extremamente necessária para a preservação da ordem pública a manutenção de sua custódia", afirmou.

Em 9 de novembro, duas estudantes de Brasília, de 18 e 19 anos, estavam hospedadas em um hotel em Ipanema, para assistir ao show da cantora Lady Gaga no Rio. As jovens voltavam de uma boate, às 4h da manhã, quando foram abordadas pelo réu, na porta do quarto do hotel. O homem, armado, espancou as estudantes, estuprou uma delas e fugiu com as malas e os pertences das vítimas. O caso foi registrado na 14ª Delegacia de Polícia (Leblon). O suspeito foi preso em janeiro.

Mais conteúdo sobre:
rouboestuproRiocondenação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.