Juizados especiais de SP tiveram 146 queixas no feriado

Os Juizados Especiais do Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, e do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, receberam 146 queixas entre os feriados da Proclamação da República, no dia 15, e da Consciência Negra, ontem. Segundo o Tribunal de Justiça paulista, cada terminal realizou 73 atendimentos. Em Congonhas, sete reclamações terminaram em acordos. Em Cumbica foram 11.Os Juizados atendem casos de reclamações como falta de informação aos passageiros, overbooking, atrasos e cancelamentos de viagens, extravio e violação de bagagens. As queixas que não resultam em conciliação se tornam processos, encaminhados ao Juizado do domicílio do reclamante. Os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h.

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

21 de novembro de 2007 | 16h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.