Justiça argentina anula 1º casamento lésbico

A Justiça argentina cancelou anteontem o primeiro casamento entre mulheres, celebrado no dia 9, em Buenos Aires. A juíza civil de primeira instância Martha Gómez Alsina acolheu medida cautelar apresentada por um advogado e declarou inexistente a união entre Norma Castillo e Ramona Areval.

, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.