Justiça bloqueia bens de sertanejo por causa de acidente

Familiares de um casal morto em acidente de trânsito há 13 anos conseguiram na Justiça bloquear bens do cantor Ivair dos Reis Gonçalves, o Renner da dupla Rick e Renner. A medida também foi estendida a empresas ligadas ao sertanejo para evitar que ele deixe de pagar a indenização imposta pela Justiça.

RENE MOREIRA, ESPECIAL PARA A AGÊNCIA ESTADO, Estadão Conteúdo

09 Agosto 2014 | 14h09

O engenheiro Luís Antônio Nunes Aceto e a namorada, Eveline Soares Rossi, seguiam de moto por uma rodovia de Santa Bárbara do Oeste (SP) quando a Mercedes Benz dirigida pelo músico, que, segundo a denúncia, estaria em alta velocidade, atravessou um canteiro e acertou em cheio as vítimas.

Renner foi condenado a pagar 2 mil salários mínimos (valor que hoje corrigido já estaria perto de R$ 3 milhões) e o prazo para quitar a indenização venceu há quatro anos. Até hoje os familiares das vítimas dizem ter recebido somente cerca de R$ 300 mil por meio da penhora de direitos autorais do músico.

A assessoria de imprensa do cantor afirmou que ele não irá se pronunciar sobre o assunto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.