Justiça decreta prisão de empresário por atropelamento

A Justiça de Ribeirão Preto, no interior paulista, decretou nesta sexta-feira, 21, a prisão do empresário Alexsandro Ishisato de Azevedo, de 37 anos, procurado por atropelar 12 pessoas durante manifestação contra a tarifa de ônibus na noite passada. Ele está foragido e teria deixado a cidade de ônibus, sendo seu carro localizado no condomínio de luxo onde reside.

RENÉ MOREIRA, ESPECIAL PARA AE, Agência Estado

21 de junho de 2013 | 22h09

A Range Rover preta tinha marcas de sangue, foi periciada e mandada para Araraquara (SP). O empresário foi indiciado por um homicídio e quatro tentativas de homicídio doloso - quando há a intenção de matar. Se condenado, pode pegar mais de 20 anos de cadeia. A expectativa era de que se apresentasse à polícia nesta sexta, o que acabou não ocorrendo.

Tudo o que sabemos sobre:
protestosRibeirão Pretomorteprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.