Justiça escocesa proíbe avó de dar doces aos netos

Mãe argumentou que doces estavam estragando os dentes dos filhos.

BBC Brasil, BBC

25 de novembro de 2007 | 08h45

Uma avó escocesa foi proibida pela Justiça de dar doces a seus netos após um tribunal ouvir da mãe das crianças que eles estavam sofrendo com problemas nos dentes.A avó, identificada pela Justiça pelas iniciais E.M., havia entrado com uma ação legal contra sua filha para poder ter contato com seus quatro netos.Mas a mãe relatou ao tribunal que a avó levava duas sacolas com doces a cada visita que fazia às crianças.O juiz Daniel Kelly decidiu que a avó pode visitá-los uma vez ao mês, desde que não leve doces.A mãe das crianças, identificada como D.R., havia proibido a avó de ver os netos em março de 2006, após uma briga entre as duas.D.R. disse que acreditava que sua mãe havia chamado a sociedade protetora dos animais para reclamar do tratamento que ela dava a seus dois cachorros.Segundo ela, foi a gota d'água para o rompimento, em meio a questionamentos que ela tinha sobre a natureza dominadora da mãe e da grande quantidade de doces que ela fornecia aos seus filhos.D.R. disse ao tribunal que seus dois filhos mais velhos estavam sofrendo com problemas dentários e tiveram que ter dentes extraídos por conta disso.O juiz disse que não era possível avaliar se os problemas haviam sido causados somente por causa dos doces fornecidos pela avó, mas afirmou que E.M. realmente estava dando doces demais a eles.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.