Justiça francesa pode obrigar eBay a indenizar Louis Vuitton

Site é acusado de permitir venda de produtos falsos e de não ter autorização para comercializar marca

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

30 Junho 2008 | 05h36

Uma corte comercial de Paris decide nesta segunda-feira se fará o site de leilões eBay pagar 51 milhões de euros (US$ 80 milhões) em indenização para a Louis Vuitton e outros grupos de luxo por deixar cópias falsas de seus produtos serem leiloadas.   Louis Vuitton Malletier, a sessão de carteiras e malas do grupo LVMH, e a Christian Dior Couture estão exigindo 20 milhões de euros e 17 milhões de euros, respectivamente por "negligência" do site de leilões online.   Quatro subsidiárias de perfumes da LVMH estão entre aquelas que exigem 14 milhões de euros por "vendas ilícitas" de seus produtos, iniciadas há um ano em meio.   Eles acusam o eBay de deixar conscientemente pessoas usarem seu site para vender malas falsas, batons, perfumes e roupas de marcas famosas, e que, mesmo quando os produtos autênticos estavam à venda, isto ocorreu em violação à suas redes de vendas autorizadas.   O veredicto, que deve sair nesta segunda, ocorre em meio a uma onda de ações legais contra o gigante online, que declara ter cerca de 84 milhões de usuários ativos em 30 mercados ao redor do mundo.

Mais conteúdo sobre:
eBay Louis Vuitton

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.