Justiça julga na terça mérito de habeas dos Nardoni

Quatro desembargadores deverão julgar o mérito, entre eles o relator do caso, que já negou liberdade ao casal

PAULO R. ZULINO, estadao.com.br

09 de junho de 2008 | 10h34

A 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo aprecia nesta terça-feira, 10, o mérito do habeas-corpus em favor do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, acusados de matar a menina Isabella, em dia 29 de março. Segundo o Tribunal de Justiça do Estado de Paulo (TJ/SP), seja qual for o resultado, ainda caberá recurso. Quatro desembargadores deverão julgar o mérito, entre eles o relator do caso, Caio Canguçu de Almeida. No último dia 13 de maio, ele negou solicitação para libertar Alexandre e Anna Carolina Jatobá. O habeas-corpus pede a libertação do casal, cuja prisão preventiva foi decretada pelo juiz Mauricio Fossen, da 2ª Vara do Júri do Fórum de Santana, na zona norte paulistana, no último dia 7 de maio. De acordo com a polícia e o Ministério Público de São Paulo, a menina Isabella morreu depois de ter sido espancada e jogada do sexto andar do edifício em que seu pai, Alexandre Nardoni, e a madrasta, Anna Carolina, moravam, também na área norte da capital paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
caso Isabella

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.