Justiça processa padre italiano

A Justiça italiana abriu processo por supostos abusos sexuais contra o famoso e influente sacerdote Piero Gelmini (foto), de 85 anos, fundador da comunidade Encontro, que tem 28 centros na Itália de recuperação de usuários de drogas. O sacerdote nega e diz que é vítima de uma "conspiração".

, O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.