Justiça quer nova data do Enem para judeus

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-SP) determinou que o Enem, que ocorrerá em 5 e 6 de dezembro, tenha outra data para 22 estudantes do Centro de Educação Religiosa Judaica. O Ministério da Educação (MEC) informou que vai recorrer da decisão e propor, como já estava previsto, que os sabáticos façam a prova no mesmo dia, mas após as 18 horas. Antes desse horário, os estudantes esperariam em uma sala para garantir que o sigilo da prova seja preservado.

, O Estadao de S.Paulo

27 de outubro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.