Justiça transfere líderes de facções

Rio

, O Estadao de S.Paulo

22 de novembro de 2009 | 00h00

O Tribunal de Justiça do Rio autorizou transferência para presídio federal de sete presos, que, da cadeia, continuam a comandar facções. São eles: Wilton Quintanilha (Abelha), Levi Batista (Baby), Odir dos Santos (Odir da Vila do João) e Marcelo Fonseca (Marcelo Xará), Bruno Loureiro (Coronel), Marcio Batista (Dinho Porquinho) e Marcos Marinho (Chapolim).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.