Kerry condena pedido para que judeus se registrem em cidade da Ucrânia

O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, disse na quinta-feira que judeus em uma cidade no leste da Ucrânia foram intimados a registrarem-se junto às autoridades, chamando a ideia de intolerável.

Reuters

17 Abril 2014 | 14h15

"Nos últimos dois dias, os avisos foram enviados para judeus em uma cidade, indicando que eles tinham que se identificar como judeus ... ou sofrer as consequências", disse Kerry a repórteres. "Isso não é apenas intolerável, é grotesco".

(Por Arshad Mohammed)

Mais conteúdo sobre:
UCRANIA KERRY JUDEUS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.