Kremlin nega ter censurado paródia de 'dancinha' de Medvedev

TV estatal tirou do ar trecho de programa em que comediantes imitavam balanço desconjuntado de presidente russo.

BBC Brasil, BBC

15 de setembro de 2011 | 04h18

O Kremlin rejeitou qualquer responsabilidade pela decisão de uma TV estatal russa de tirar do ar uma cena de paródia do presidente Dmitri Medvedev dançando.

O 'balanço' do presidente, cujos movimentos deixaram entrever uma nítida falta de coordenação, foi capturado com uma câmera de telefone celular e postado na internet.

Imediatamente o vídeo se tornou um viral e se popularizou na Rússia. O presidente dançava ao ritmo da canção "American Boy".

O programa mostra um grupo de comediantes dançando no mesmo estilo desconjuntado do líder russo, ao ritmo da mesma música.

A atração é pré-gravada, mas quando foi ao ar no Canal 1 não continha mais a cena. A emissora não deu explicações sobre o motivo da não divulgação.

O vídeo, assim como o original de Medvedev, também foi parar no YouTube.

Após a decisão, o Kremlin rejeitou que tenha tido um dedo na decisão da TV estatal.

A assessoria de comunicação de Medvedev disse que o presidente não se importa com as imitações.

"Ele até postou no Twitter os links para algumas das paródias que ele mais gosta", disse a uma rádio russa a secretária de imprensa do presidente.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.