Ladrão arrependido devolve moto roubada

Um ladrão arrependido surpreendeu os policiais da cidade de Toledo (543 quilômetros de Curitiba) ao devolver uma Honda Biz placas AKE-6538, de Toledo; que havia sido furtada na semana passada. O caso foi acompanhado pelos policiais do 19º Batalhão que atenderam a ligação do rapaz, ainda não identificado. Em entrevista à RPC, o soldado Davi Miranda disse que nunca havia visto algo similar. "Eu pensei que fosse um trote", disse. Caso seja detido, o ladrão arrependido pode ter uma redução de até 2/3 da pena pela devolução.

JULIO CESAR LIMA, Agência Estado

05 Abril 2012 | 18h01

Segundo Miranda, o rapaz mostrou arrependido. Na conversa telefônica gravada, ele chega a declarar isso. "É o seguinte..uma moto roubada na semana passada tá do lado do Mercado 4 Irmãos. E..fala que o ladrão pede desculpas para a vítima e tá devolvendo a moto porque se arrependeu do que fez", disse. Miranda ainda confirmou: "O senhor se arrependeu?", no que ouviu um "ok", antes da ligação ser encerrada.

Logo depois a PM foi até o local indicado, no Jardim Porto Alegre, e encontrou a moto. Na opinião do tenente Odair José Weng, mesmo com a devolução ele deve pagar pelo que fez, caso seja detido. "Mas ele tem esse benefício", disse, se referindo à redução da pena.

Feliz com o desfecho da história, a proprietária Claudete Rodrigues disse que nada foi mexido. A moto estava financiada e foi comprada havia seis meses. "Ela apareceu sem nenhum dano, nada; do jeito que foi roubada ela foi entregue", afirmou.

Para o marido de Claudete, João Mário Vianna, a proximidade da Páscoa pode ter sensibilizado o ladrão. "Até pelo fato de ser Quaresma o ladrão foi tocado", disse. Quanto a Claudete, preferiu perdoar o assaltante que lhe devolveu a moto. "Dizem que ele pediu desculpas, então está perdoado, para não fazer de novo", concluiu.

Mais conteúdo sobre:
ladrãomotodevoluçãoPR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.