Ladrões e investigadora baleados em reação a assalto

Um bandido morreu e outro, também baleado, acabou preso, na noite de ontem, ao tentarem roubar, em São Bernardo do Campo, no ABC, a moto Ducati do delegado Ruy Ferraz Fontes, que já esteve à frente da Delegacia de Roubo a Bancos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) e, depois de ser transferido pela Delegacia-geral, subordinada à Secretaria de Segurança Pública (SSP), para o 69º Distrito Policial, de Teotônio Vilela, na zona leste, foi remanejado para o 92º Distrito Policial, do Parque Santo Antonio, na zona sul.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

25 Abril 2012 | 06h34

No tiroteio, a investigadora de 2ª classe Sheila Vera Garcia, de 46 anos, que estava na garupa da moto, foi baleada no pescoço, e, após passar por cirurgia de cerca de duas horas, continua internada no Hospital Assunção, mas, segundo a polícia, já fora de perigo. Um dos criminosos, de 17 anos, morreu no local. O outro, George Ferreira Galdino, também ferido, buscou socorro no mesmo pronto-socorro e foi transferido para o Hospital Doutor Artur Ribeiro de Saboya, no Jabaquara, zona sul da capital, e preso.

Um terceiro jovem, identificado como Raí Muniz da Silva, de 19 anos, também foi detido próximo ao local do tiroteio e encaminhado para a delegacia. Não se sabe ainda como foi a participação dele na tentativa de roubo.

Os dois bandidos baleados também estavam de moto quando abordaram as vítimas na altura do quilômetro 14 da pista sentido litoral da Rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial de São Bernardo do Campo.

Mais conteúdo sobre:
tiroteiobaleadosABC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.