Ladrões levam mais de R$ 250 milhões em jóias de loja em Paris

Joalheria de luxo estava cheia de clientes na hora do crime; assaltantes falavam francês.

Alasdair Sandford, BBC

05 Dezembro 2008 | 11h00

A polícia da França anunciou que ladrões roubaram uma das joalherias mais famosas de Paris, levando itens estimados em um total de mais de 80 milhões de euros (cerca de R$ 258 milhões). Trata-se de um dos mais graves roubos realizados nas últimas décadas no país. Segundo os policiais, quatro homens armados - dois deles vestidos de mulher - invadiram a loja da Harry Winston na luxuosa avenida Montaigne, perto da Champs-Elysées, no final da tarde da quinta-feira. Eles ameaçaram os funcionários e cerca de 15 clientes que estavam na loja. Alguns foram agredidos. Conhecimento Segundo testemunhas, os assaltantes falavam francês. Fontes ligadas à polícia disseram ainda que os criminosos sabiam os nomes de alguns funcionários e conheciam os locais onde era guardadas jóias que não ficavam nas vitrines. Após o assalto, eles fugiram com praticamente todo o estoque da loja. A Harry Winston atrai uma clientela endinheirada de todo o mundo, de membros de famílias reais a estrelas do showbiz. A loja havia sido assaltada há quase um ano, quando homens armados levaram cerca de 10 milhões de euros (cerca de R$ 32 milhões) em jóias e outros artigos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.