LAN volta a operar voos para a Argentina

A companhia aérea LAN informou que reorganiza os voos para a Argentina desde do início da tarde de hoje. A empresa teve de cancelar as decolagens após a nuvem de cinzas produzida pelo vulcão chileno Puyehue prejudicar o espaço aéreo. Em nota, a LAN afirmou que "de acordo com informações oficiais, não há presença de cinzas vulcânicas" em Buenos Aires.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

17 de outubro de 2011 | 17h51

Para saber sobre a situação do voo, os passageiros podem acessar o site www.lan.com. A companhia informou ainda que os clientes podem reprogramar seus voos sem penalidade para serem utilizados por um prazo de um ano, contando a partir da data da emissão. Para isso é necessário se dirigir a uma loja LAN nos próximos 30 dias.

As operações das companhias aéreas Gol e TAM para os aeroportos de Buenos Aires voltaram ao normal na manhã de hoje. Os voos das duas empresas aéreas estavam cancelados desde ontem por conta do avanço da nuvem de cinzas do vulcão.

O vulcão chileno Puyehue-Cordón Caulle entrou em atividade em junho, esparramando grossas camadas de cinzas sobre as províncias argentinas vizinhas ao complexo vulcânico de Neuquén, Río Negro e Chubut, ao sul da Argentina. Os fortes ventos do fim de semana levaram as cinzas aos céus de Buenos Aires. Os caminhos terrestres também estão afetados pela nuvem, que se parece a uma espessa neblina. Os voos em Buenos Aires começaram a ser cancelados no meio da tarde de domingo. O serviço de meteorologia alertou que nos próximos dias o fenômeno se repetirá devido aos fortes ventos previstos.

Mais conteúdo sobre:
aviaçãovoosArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.