Laudo de acidente com avião da Calypso sai em 90 dias

Os destroços do avião bimotor King Air B200, que caiu na manhã de anteontem no bairro de San Martin, no Recife, foram retirados com ajuda de caminhões e guindaste, ontem, numa operação acompanhada pela Comissão Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (Cenipa), que tem 90 dias para apurar as causas do acidente. Os corpos das duas vitimas, o piloto e um produtor da banda Calypso, foram enterrados ontem. A aeronave transportava 10 pessoas, vinha de Teresina e caiu durante procedimento de pouso. As informações são do Jornal da Tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.