Lavanderia será auditada para receber selo de qualidade

As lavanderias serão, a partir de agora, avaliadas por meio de um selo de qualidade criado pela Associação Nacional das Empresas de Lavanderias (Anel) e o Sindicato das Lavanderias (Sindilav), com o objetivo de melhorar o atendimento ao cliente, criar melhores condições de serviço aos funcionários e aprimorar sua relação com o meio ambiente. Por meio da auditoria Rina Brasil, empresa italiana certificadora de ISOs, as lavanderias poderão receber certificados nos níveis Ouro, Prata e Bronze.

EQUIPE AE, Agência Estado

13 de dezembro de 2010 | 16h10

O "Selo de Qualidade e Sustentabilidade para Lavanderias" vai reunir num único programa uma certificação especialmente adaptada a esse setor e com isso melhorar o padrão das prestadoras de serviços desse segmento. "Era necessário que o nível de qualidade dos serviços prestados fosse padronizado para dar mais segurança ao consumidor e ao mercado", explica Paola Tucunduva, presidente da Anel, em nota distribuída pela assessoria de imprensa. "A gestão apropriada do consumo e reutilização da água e a destinação de resíduos do processo industrial, eram questões fundamentais na proposta de minimizar os riscos ao meio ambiente", acrescentou Tucunduva.

Tudo o que sabemos sobre:
qualidadeselolavanderia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.