Lei Antifumo gera 1,8 mil multas no Estado de SP

No período, três estabelecimentos tiveram que ser interditados temporariamente após serem flagrados mais de duas vezes desrespeitando a norma

AE, Agência Estado

07 de agosto de 2012 | 12h17

Um levantamento da Secretaria de Estado da Saúde, divulgado nesta terça-feira, três anos após o início da vigência da Lei Antifumo, informou que os agentes da Vigilância Sanitária Estadual, vigilâncias municipais e Procon-SP realizaram 726 mil inspeções e aplicaram 1.885 multas, o que resulta em uma média de 1,7 autuações por dia, em todo o Estado de São Paulo.  De todos os descumprimentos registrados, 88% foram por presença de pessoas fumando no interior de estabelecimentos. A segunda maior ocorrência é pela ausência de placa indicativa da lei.

Apenas na cidade de São Paulo foram aplicadas 570 autuações ao longo dos últimos três anos. Em segundo lugar no ranking está a região da Baixada Santista, litoral paulista, com 281 autuações. A região de Campinas registrou 153 multas, ocupando a terceira posição.  Desde agosto de 2009, três estabelecimentos tiveram que ser interditados temporariamente após serem flagrados mais de duas vezes desrespeitando a norma. Para denúncias e informações sobre a lei, acesse o site: www.leiantifumo.sp.gov.br.

Mais conteúdo sobre:
saúdeLei AntifumoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.