Lenovo reinicia conversas para comprar unidade de servidores da IBM

A chinesa Lenovo reiniciou conversas para comprar a unidade de servidores de custo mais baixo da IBM, disse uma fonte com conhecimento do assunto, em uma operação que pode impulsionar os esforços da companhia para se diversificar para além do mercado de PCs em queda.

Reuters

21 de janeiro de 2014 | 08h28

As duas empresas não conseguiram chegar a um acordo no ano passado após divergências sobre preços, com notícias na imprensa colocando as expectativas da IBM entre 4 bilhões e 6 bilhões de dólares pela unidade, enquanto a Lenovo estaria disposta a oferecer 2,5 bilhões de dólares.

A Lenovo, maior fabricante de PCs do mundo, disse nesta terça-feira que mantém conversas preliminares sobre uma aquisição. A empresa não informou quem seria o vendedor, mas afirmou que estava fazendo a declaração em resposta a notícias sobre uma potencial aquisição no mercado de servidores. A empresa acrescentou que não acertou nenhum acordo definitivo.

Um porta-voz da IBM disse na segunda-feira que a empresa não comentaria o assunto.

Mais conteúdo sobre:
TECHLENOVOIBM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.