Leoa faz tratamento dentário de canal em Sorocaba

O animal, de 8 anos, tem três dentes quebrados e dificuldade para comer

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 08h54

Com três dentes quebrados, Ale, uma das leoas do Parque Zoológico Quinzinho de Barros, de Sorocaba, enfrentava dificuldades para se alimentar e perdia peso. Nesta sexta-feira, 29, o felino de 8 anos de idade, pesando cerca de 130 quilos, foi submetido a um tratamento dentário no próprio zoológico. Uma equipe com três anestesistas, dois biólogos e cinco veterinários trabalhou para tratar os canais dos dentes afetados. Foi preciso usar altas doses de anestesia para manter o predador desacordado por mais de três horas. De acordo com o veterinário chefe do zôo, Adauto Luis Veloso, o processo é semelhante ao tratamento dentário de humanos, guardadas as proporções. "O canal de uma leoa é pelo menos cinco vezes mais longo do que o nosso", explicou. Foi feita a abertura, a remoção de tecidos necrosados e a limpeza dos canais, com equipamentos especiais, importados. Em seguida foi colocada uma massa odontológica. Depois da cirurgia, a leoa foi levada para seu recinto. Uma nova sessão será marcada para o fechamento dos canais e a recomposição das presas.

Mais conteúdo sobre:
leoa zoológico tratamento dentário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.