Leões são resgatados de circos na Bolívia

País foi primeiro a proibir uso de animais em espetáculos; ativistas levarão animais para reservas nos EUA.

BBC Brasil, BBC

16 de fevereiro de 2011 | 09h48

Um grupo de 25 leões será retirado de circos na Bolívia e enviado para reservas nos Estados Unidos.

A medida é uma vitória de ativistas que defendem os direitos dos animais. Os leões foram resgatados depois de uma decisão do governo da Bolívia, tomada há dois anos, que proibiu o uso de animais em circos.

Um dos leões mais jovens tem apenas treze semanas de idade.

Jan Creamer, presidente da Defensores dos Animais Internacional (ADI, na sigla em inglês) está trabalhando com as autoridades bolivianas para preparar os animais para a viagem e conta a história dos filhotes de leão, os últimos a se apresentar em circos da Bolívia.

Filhote de leão em jaula na Bolívia aguarda para ser levado para os EUA

"Eles nasceram no circo, em gaiolas cercadas pelos funcionários do circo, que assustavam a mãe dos filhotes para conseguir puxar os leõezinhos para fora, com um gancho de metal", afirmou. Os filhotes eram usados então para tirar fotos com o público.

A presidente da ADI também diz que não há nenhum outro país no mundo que tenha proibido o uso de todos os tipos de animais em circos e que tenha permitido que a organização resgatasse todos os animais, a Bolívia foi o primeiro país.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
ambientebolívialeõesresgatecirco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.