LG Electronics planeja lançar TVs com nova tecnologia de ponto quântico

A LG Electronics, fabricante dos caros televisores com tela OLED, disse que irá complementar sua próxima linha de TVs com tecnologia de tela de ponto quântico, mais barata, em uma dupla estratégia.

REUTERS

29 de outubro de 2014 | 15h19

A segunda maior fabricante de televisores, depois da Samsung Electronics, a sul-coreana LG vem promovendo as TVs OLED como a próxima tecnologia junto com sua afiliada LG Display.

"Estamos perseguindo uma estratégia dupla com a tecnologia ponto quântico e OLED", disse nesta quarta-feira o diretor-financeiro da LG Electronics, Jung Do-hyun, a analistas.

As especulações de que a LG e a Samsung lançariam televisores de ponto quântico intensificou-se depois que a Dow Chemical disse que estava construindo uma nova fábrica de ponto quântico Coreia do Sul. A produção comercial na fábrica deve começar no primeiro semestre de 2015.

A LG cita vários benefícios da TV OLED, como melhor qualidade de imagem que a tecnologia de tela de cristal líquido (LCD, na sigla em inglês) e uma gama mais ampla de opções de design devido à sua maleabilidade.

No entanto, uma TV OLED de 65 polegadas lançada pela LG este ano custa 12 milhões de won na Coreia do Sul -- muito mais que uma televisão UHD equivalente usando tecnologia LCD, o padrão atual.

As TVs com ponto quântico são uma alternativa mais barata às TVs OLED e são mais fáceis de fabricar, disseram analistas, apesar de a tecnologia ser nascente e poucos modelos estarem disponíveis atualmente, com a japonesa Sony Corp entre as poucas companhias que as vendem. Com mais concorrentes utilizando a tecnologia, analistas dizem que a LG não pode se dar ao luxo de ser deixada para trás.

(Por Se Young Lee)

Mais conteúdo sobre:
TECHLGTV*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.