Líder da al Qaeda está vivo, diz serviço de monitoramento

O comandante da al Qaeda que foi dado como morto pelo Chade, Mokhtar Belmokhtar, está vivo, segundo mensagem deste domingo de um participante de fóruns extremistas na Internet. A mensagem foi lida por um serviço de monitoramento que acompanha esses fóruns on-line de militantes.

Reuters

03 Março 2013 | 17h52

O participante não identificado disse em uma mensagem publicada em diversos fóruns que Belmokhtar está "vivo, bem e comandando ele mesmo as batalhas", de acordo com o serviço de monitoramento SITE, baseado nos Estados Unidos.

A mensagem diz que Belmokhtar, considerado o mentor da tomada de reféns numa usina de gás na Argélia em janeiro, vai logo enviar uma mensagem confirmando a notícia.

No sábado, forças do Chade afirmaram haver matado Belmokhtar em combates no Mali.

De acordo com o SITE, a Ahrar Press, uma organização árabe independente de mídia, também relatou que, segundo fonte do grupo de Belmokhtar, o militante não havia sido morto.

(Por William Maclean)

Mais conteúdo sobre:
MILITANTERELATOSVIVO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.