Líder da Coreia do Norte liberta jornalistas dos EUA--agência

O líder norte-coreano Kim Jong-il concedeu "perdão especial" a duas jornalistas norte-americanas presas, libertando-as da detenção, publicou nesta terça-feira a agência oficial de notícias KCNA.

REUTERS

04 Agosto 2009 | 16h36

"Kim Jong-il emitiu uma ordem do presidente da Comissão de Defesa Nacional da República Democrática Popular da Coreia (do Norte) com a concessão de um perdão especial para as duas jornalistas norte-americanas que foram condenadas a trabalhos forçados, de acordo com o artigo 103 da Constituição Socialista, o que as torna livres", afirmou a KCNA em comunicado com origem em Pyongyang.

Mais conteúdo sobre:
COREIAEUAJORNALISTAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.