Linha Amarela do Metrô passa a funcionar até as 21h

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou hoje a ampliação do horário de funcionamento da Linha 4 - Amarela do Metrô de São Paulo, que passará a atender a população das 4h40 até as 21 horas. Até ontem, ela funcionava apenas até as 15 horas. A Linha 4 - Amarela ainda está em obras, mas algumas estações já foram concluídas e inauguradas (Pinheiros, Butantã, Faria Lima e Paulista).

ÁLVARO CAMPOS, Agência Estado

29 de junho de 2011 | 12h41

O governador comunicou a mudança durante evento de entrega das obras de modernização da Estação Pinheiros da Linha 9 - Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Um novo acesso foi construído na estação, que ganhou escadas rolantes, elevadores e novos banheiros, ampliando a acessibilidade, inclusive para deficientes e idosos.

O secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Jurandir Fernandes, ressaltou que o funcionamento da Linha 4 - Amarela não foi ampliado por enquanto até às 24 horas, horário normal de operação do Metrô, para que haja mais tempo disponível para testes. A expectativa é de que, com mais tempo para os testes, a inauguração das Estações Luz e República seja adiantada para o final de setembro.

De acordo com o secretário, a ampliação do horário das 21 horas para às 24 horas beneficiaria, até outubro, 900 mil pessoas. A antecipação para setembro da inauguração das Estações Luz e República, por sua vez, poderá atender 4,5 milhões de usuários. O horário da Linha 4 - Amarela será estendido até as 24 horas e o seu funcionamento será ampliado para os fins de semana quando forem inauguradas as duas novas estações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.