Litoral de SP tem 54 praias impróprias para banho

Cinquenta e quatro praias e um rio do litoral paulista estão impróprios para banho, segundo boletim divulgado hoje pela Companhia Tecnológica de Saneamento Ambiental (Cetesb). O quadro é resultado das amostras recolhidas em 136 praias nos últimos quatro domingos. Como algumas praias são analisadas em mais de uma localidade, há 56 pontos considerados poluídos. As piores situações continuam nas cidades de Santos e Mongaguá, na Baixada Santista: as seis praias existentes em cada cidade apresentaram alto índice de esgoto. No litoral norte, a Cetesb identificou 24 praias e um rio com más condições de balneabilidade. Na Baixada Santista, além das 12 praias de Santos e Mongaguá, outras 16 estão impróprias. Já no litoral sul, apenas duas praias estão com alto índice de esgoto. Segundo a Cetesb, os banhistas que decidem entrar na água contaminada correm o risco de contrair doenças como a gastroenterite - a mais comum - e outras, cujo resultado é infecção nos olhos, ouvidos e nariz. A companhia recomenda que os banhistas não entrem nas águas classificadas como impróprias. A lista das praias poluídas pode ser verificada no site www.cetesb.sp.gov.br.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.