Lixo desmorona em aterro em Itaquaquecetuba

Um desmoronamento de lixo do aterro sanitário Pajoan, em Itaquaquecetuba, por volta das 11 horas de ontem, assustou moradores da região. Cálculos preliminares feitos por técnicos da Cetesb indicam que aproximadamente 450 mil toneladas de lixo, misturado com terra, escorregaram de um dos taludes do aterro, atingindo a Estrada do Ribeiro - onde formaram pilhas de mais de 12 metros de altura - e chegaram às margens do córrego Taboãozinho.

Afra Balazina, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2011 | 00h00

Os bombeiros estavam no local, mas afirmaram não ter informações sobre vítimas. A Cetesb diz monitorar a contaminação do córrego por chorume e as condições de estabilidade da parte do aterro não atingida pelo acidente. O local recebia resíduos de Mogi das Cruzes, Poá, Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Arujá, Salesópolis e Biritiba Mirim. Por exigência da Cetesb, a área passava por obras de readequação do aterro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.