Lixo é retirado de casa de idosa no interior de SP

Uma equipe da Prefeitura de Santa Bárbara d''Oeste (SP) removeu ontem quatro caminhões de lixo orgânico, reciclável e entulhos da residência de uma moradora de 63 anos. No total, foram retiradas mais de seis toneladas de lixo, espalhadas em quatro cômodos do imóvel.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

02 Junho 2011 | 15h11

A intervenção foi solicitada à Justiça pela prefeitura da cidade diante das reclamações de vizinhos. A primeira delas data de 2004. De acordo com a Secretaria de Negócios Jurídicos, o município já havia feito a limpeza em anos anteriores. Segundo a prefeitura, "a moradora está arredia às assistentes sociais que a visitam".

Ela vive sozinha e continuará sendo acompanhada por equipes da Saúde e da Promoção Social, que verificarão sua evolução após a remoção dos materiais. Ela foi notificada pelo oficial de Justiça e, caso volte a acumular lixo, haverá multa diária.

Foram disponibilizados caminhões, equipe e material de limpeza para a retirada do lixo. A Secretaria de Saúde atuou durante a operação com enfermeiras, assistentes sociais, psicólogo e uma ambulância, além dos reforços das vigilâncias Epidemiológica e Sanitária e do Centro de Controle de Zoonoses, que fez o controle de roedores e de outras pragas urbanas na casa e nos imóveis vizinhos. Após a retirada dos caminhões carregados, o imóvel foi lavado com o apoio do Departamento de Água e Esgoto.

Mais conteúdo sobre:
lixo casa idosa SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.