Lobos são 'mestres' em curso de liderança

Entre lições dos lupinos está respeito mútuo entre chefe e equipe.

BBC Brasil, BBC

02 de abril de 2010 | 11h54

Um curso na Alemanha inovou utilizando o comportamento de lobos como exemplo para melhorar a capacidade de liderança de profissionais.

As aulas são dadas nas florestas de Brandemburgo, perto de Berlim na Alemanha, entre cavalos selvagens, lontras, alces e, claro, lobos.

Timo é um dos nove lobos selvagens da reserva e, entre as lições que ele oferece estaria a de que um bom chefe não precisa gritar com seus subordinados.

"O lobo dominante não é agressivo. Muitos líderes pensam que são líderes porque têm poder e força para diminuir os outros. Mas isso não tem que ser assim", afirmou Janet Nagel, da empresa Teamaventure.de, idealizadora do curso.

Outra lição é que a matilha se livra do líder se ele não cumprir bem a sua função.

"Ninguém é indispensável."

Para aprender essas lições, os pequenos grupos de executivos observam os mestres em ação.

Para a detetive de polícia Sabrina Doehlert, os lobos realmente têm uma mensagem a passar.

"Quando se vê o respeito entre os lobos, se percebe que este respeito deveria ser comum também na rotina de trabalho. Os chefes têm que respeitar a equipe, e a equipe, os chefes", disse Doehlert.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.