Locais ajudam parques e geram novas descobertas

Locais ajudam parques e geram novas descobertas

As RPPNs podem proteger a biodiversidade e ajudam a aumentar o conhecimento científico no País. Na RPPN Ecofuturo, por exemplo, ocorreram descobertas de novas espécies: dos 47 anfíbios que habitam a área, 2 não haviam sido descritos pela ciência e, das 144 espécies de formigas, 1 era desconhecida.

, O Estadao de S.Paulo

31 de março de 2010 | 00h00

A Ecofuturo fica dentro do Parque das Neblinas, que é privado, e faz divisa com o Parque Estadual da Serra do Mar. O Instituto Ecofuturo, mantido pela Suzano Papel e Celulose, criou a reserva há um ano em Bertioga. Ambientalistas defendem a criação de RPPNs no entorno de unidades de conservação, para ajudar a proteger a região e reduzir a pressão externa. Elas também são úteis para interligar áreas menores de mata.

"Nossos funcionários são ex-caçadores e ex-extratores de palmito e há quatro anos não temos registro desses crimes", diz Paulo Groke, gerente de produtos ambientais do Instituto Ecofuturo. / A.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.