Loja londrina ensina mulheres a fazer pedido de casamento

Segundo tradição britânica, no dia 29 de fevereiro as mulheres 'pedem a mão'.

Da BBC Brasil, BBC

29 Fevereiro 2008 | 21h05

A tradicional loja de departamentos londrina Harvey Nichols oferece neste 29 de fevereiro uma "aula" com dicas para ensinar as mulheres a pedir seus namorados em casamento e receber um sim como resposta.Por 45 libras (cerca de R$ 150), e com direito a um chá completo, com doces, bolos e sanduíches e regado a champanha, as mulheres poderão assistir a uma palestra da especialista em relacionamentos Jodi Goldman para tomar coragem e decidir se seu namorado é do tipo que aceitaria o pedido de casamento ou não.A promoção faz parte de uma tradição britânica, segundo a qual em anos bissextos as mulheres podem pedir os homens em casamento livremente. Por conta disso, neste 29 de fevereiro os jornais britânicos trazem estratégias para as mulheres que querem fazer o pedido e hotéis oferecem promoções para casais.A tradição remonta ao século 5, na Irlanda, quando, segundo a lenda, Santa Brígida foi se queixar a São Patrício (padroeiro do país) porque muitas mulheres tinham de esperar anos até receber um pedido de casamento. Em resposta, São Patrício teria dito que no dia 29 de fevereiro, as mulheres poderiam fazer o pedido e, se o homem rejeitasse, teria que pagar uma multa, ou dar a ela um presente bem caro.A lenda continua e, aparentemente, em 1288 a rainha Margaret, da Escócia, introduziu multas para os homens solteiros que recusassem o pedido, variando de um beijo até um vestido de seda.Jornais"Esta é a primeira vez que realizamos a aula", afirma Anna Davidson, assessora de imprensa da Harvey Nichols. "Achamos que seria interessante encorajar as mulheres a fazer a proposta, tornar a situação mais divertida."Não se sabe ao certo quantas mulheres devem fazer o pedido nesta sexta-feira, mas alguns jornais, como o Daily Mirror, ofereceram espaço para que as leitoras o façam em suas páginas.Alice Hawryzkiewycz, de 23 anos, pediu a mão do namorado Neil Vezina com a declaração: "Neil, amo muito você, você significa o mundo para mim. Os últimos dois anos foram os mais felizes da minha vida. Você quer se casar comigo?".Outra leitora, Jess Cain, de 25 anos, já recebeu a resposta positiva do namorado, Simon Martin através do site do jornal.Segundo o Daily Mirror, dezenas de milhares de mulheres devem fazer o pedido nesta sexta-feira e 80% dos namorados devem dizer "sim".Os jornais ainda trazem dicas de diferentes maneiras de fazer o pedido: casualmente, durante uma partida de futebol, quando o namorado vai "dizer qualquer coisa para você calar a boca", ou se ajoelhar, de preferência com um vestido bem decotado, para distrair a atenção dele.Mas parece que a moda de mulheres fazerem o pedido vem se fortalecendo, independentemente de o ano ser bissexto ou não. Uma pesquisa com 3 mil casais, realizada pela National Wedding Show, uma empresa britânica especializada em feiras de casamento, afirma mais de uma em cada dez mulheres fizeram o pedido.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.