Londres estréia balsa movida a energia solar

Ela navega devagar e por curtas distâncias, mas os criadores do Serpentine Solar Shuttle dizem que sua criação é a balsa de passageiros mais avançada das Ilhas Britânicas. O maior barco movido a energia solar do Reino Unido estreou nesta terça-feira num lago de Hyde Park, em Londres, abrindo o que, espera-se, será uma porta para o futuro do transporte movido pelos raios do Sol.O Serpentine SolarShuttle - que usa exclusivamente energia solar - viaja a 8 km/h e transporta 42 passageiros. A partir de sábado, a passagem só de ida, para um cruzeiro de um quilômetro, será vendida a US$ 2,75 para crianças e US$ 5,50 para adultos. A balsa tem 14,5 metros de comprimento e 27 painéis solares no teto. A energia do Sol basta para manter a embarcação em movimento. "Esta é a balsa mais avançada do mundo na atualidade", disse o projetista Christoph Behling, que também criou o maior barco solar do mundo, que fica em Hamburgo, na Alemanha."É todo feito de aço inoxidável, o que significa que jamais ficará velho. Abrirá caminho para novos barcos e trens e outros meios de transporte", acredita Behling. A distância máxima de cruzeiro da balsa é 132 km. Ela praticamente não gera poluição e, segundo seu criador, mesmo em dias nublados ou chuvosos haverá energia suficiente para fazer o barco navegar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.