Lotéricos de SP ficam sem pagar contas neste sábado

A maioria dos donos de casas lotéricas de São Paulo aderiu ao protesto organizado pelos sindicatos da classe após assembleia realizada nesta sexta-feira, 3, que definiu que os estabelecimentos não recebessem pagamento de contas neste sábado. A manifestação é uma resposta à negativa da Caixa Econômica Federal às reivindicações por realinhamento das tarifas e regularização técnica do sistema de Loterias.

JULIANE FREITAS, Agência Estado

04 de agosto de 2012 | 16h37

Segundo o Sindicato dos Comissários e Consignatários do Estado de São Paulo (Sincoesp), estima-se que 90% dos lotéricos do Estado cumpriram o estabelecido pelo movimento ''União Nacional dos Lotéricos''.

De acordo com a assessoria de imprensa da entidade, os sindicatos de todo o País devem agora se reunir para avaliar os efeitos da manifestação e decidir os próximos passos do movimento. Nenhuma reunião, inclusive com a Caixa Econômica, foi marcada até o momento.

Procurada por telefone, a Caixa Econômica Federal não atendeu aos telefonemas da reportagem para comentar o caso.

Mais conteúdo sobre:
loteriasbancosprotestoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.