Luciano anuncia fim da dupla com Zezé Di Camargo

Cantor foi internado em UTI horas após show por uso de diurético; assessoria da dupla diz que suposta separação foi só briga de irmãos

JULIO MARIA, O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2011 | 03h02

Agitado, angustiado, nervoso, com palpitação e em dúvidas se queria ser tratado em um hospital ou ficar em casa. O estado do cantor Luciano alertou logo os médicos do Hospital Santa Cruz, em Curitiba, na noite de anteontem.

O caso era sério. Luciano, depois de ter anunciado que deixaria a dupla com o irmão Zezé Di Camargo, poderia até ter sofrido uma parada cardíaca, por estar com baixíssimo índice de potássio no sangue, decorrente do uso de diuréticos, conforme disse ao Estado o médico Hipólito Carraro Junior, coordenador da UTI-Geral do Hospital Santa Cruz.

A sequência de fatos que parecia implodir repentinamente a carreira da dupla levou cerca de 12 horas. Na noite de anteontem, Zezé sobe sozinho ao palco do Teatro Guaíra, em Curitiba, dizendo que havia acontecido um "probleminha" no camarim e cantaria sem o irmão naquela noite.

"Depois de 20 anos de carreira, estou no palco sozinho, sem meu irmão. Já aconteceu isso uma vez, mas hoje pela segunda vez está acontecendo. Teve um probleminha no camarim. Meu irmão foi embora. Depois a gente resolve o resto, mas o importante hoje é que eu estou aqui e respeito muito todos vocês."

Meia hora depois, Luciano aparece, confirmando o desentendimento e afirmando que faria shows com Zezé apenas até o fim do ano para honrar compromissos profissionais. "Não era para eu estar aqui agora. Até o final do ano, vou cumprir todos os meus compromissos. Mas no ano que vem o meu irmão vai continuar a carreira sozinho, e vocês vão ser com certeza a segunda voz que ele sempre mereceu e que merece para o resto da vida. Valeu de coração e obrigado."

Às 9 horas de ontem, Luciano dá entrada no Hospital Santa Cruz com suspeita de intoxicação por remédios. Os boatos aumentam no começo da tarde, até que é divulgado o boletim médico: "O Luciano foi admitido neste hospital às 9 horas de hoje, após um desconforto decorrente de hipocalemia aguda. Essa redução do potássio no sangue foi decorrente do uso recente de diurético para controle de inchaço nos braços e pernas, que o Luciano já apresentava principalmente nesse período do ano, quando realiza mais shows. Alterações do potássio podem levar à parada cardíaca e assim optamos por manter o Luciano sob observação na UTI, enquanto corrigimos essa alteração. No momento, ele está bem, dormindo após o susto."

Dúvidas. Há perguntas no ar. Ainda que a assessoria da dupla negue o rompimento, as palavras de Zezé e de Luciano no show de quinta não pareciam sair de um momento de desequilíbrio. A assessoria prefere não dizer qual foi o motivo do desentendimento dos irmãos no camarim. "Isso é pessoal, não nos diz respeito. Mas garantimos que a dupla segue. O que aconteceu foi uma briga de irmãos."

Em nenhum momento houve uma retratação pessoal de Zezé Di Camargo ou de um empresário do grupo sobre o destino dos irmãos. A assessoria disse que iria questioná-los sobre isso em um momento oportuno.

Ainda na tarde de ontem, a assessoria do cantor confirmou que Zezé Di Camargo faria um show sozinho no mesmo Guaíra. Mas a ausência de Luciano, agora, seria por motivos de saúde. Havia a previsão de que Luciano passaria a noite de ontem para hoje na UTI do Santa Cruz. "É para preservá-lo mais", disse Carraro. Ele diz acreditar que os níveis de potássio devam ser normalizados logo no organismo do cantor.

Segundo o médico, a briga dos irmãos e o estado de saúde de Luciano não estão necessariamente relacionados. "Ele chegou aqui com o nível de potássio muito baixo. Isso não tem a ver diretamente com o estresse que pode ter passado. Mas claro que a correria que está vivendo neste momento de sua carreira pode ter contribuído para isso. A má alimentação leva a essa queda de potássio." Carraro também disse que o uso de diuréticos para combater inchaços é algo usado no meio artístico. A preocupação com a aparência é um fator que, cita o especialista, leva músicos a recorrer a esses medicamentos. Carraro disse que o cantor sairá hoje da UTI.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.