Lucro da BR Properties sobe 21% no 3o tri, ainda impulsionado pela venda de ativos

A companhia de investimentos em imóveis comerciais BR Properties viu seu lucro subir mais de 20 por cento no terceiro trimestre sobre um ano antes, impulsionado pela venda de ativos.

REUTERS

03 Novembro 2014 | 18h44

O lucro líquido da companhia foi 107,9 milhões de reais entre julho e setembro, alta de 21 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior.

O resultado foi beneficiado pela conclusão da segunda parte da venda dos galpões industriais da empresa para a GLP, por 92,1 milhões de reais, e pela comercialização de 64 mil metros quadrados de área locável durante o trimestre, informou a empresa nesta segunda-feira.

Em junho, a empresa informou que a venda de galpões industriais da companhia para o grupo Global Logistic Properties Limited (GLP) foi concluída por 2,345 bilhões de reais.

Com a venda de ativos, a receita líquida caiu 19 por cento ano a ano, para 191,2 milhões de reais. No período, o aluguel médio mensal por metro quadrado das mesmas propriedades cresceu 4,4 por cento, acima da taxa da inflação, enquanto a vacância financeira do portfólio consolidado caiu 2,2 pontos percentuais, fechando o trimestre em 8,3 por cento

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado caiu 21 por cento no período, a 170,7 milhões de reais e a margem recuou de 91 para 89 por cento.

A BR Properties acertou com a Johnson & Johnson do Brasil contrato de locação cinco andares da "Torre B" do complexo de escritórios de alto padrão JK, em São Paulo, por 60 meses. A empresa ocupará uma área bruta locável de 24.971,55 metros quadrados do imóvel.

Com este contrato, a Torre B do Complexo JK, que será entregue ainda no quarto trimestre, encontra-se 88 por cento locada.

"Dado que o imóvel ainda não foi entregue, a sua locação passará a impactar (favoravelmente) a taxa de vacância da companhia apenas a partir do primeiro trimestre de 2015", disse a BR Properties em seu relatório de resultados.

(Por Juliana Schincariol)

Mais conteúdo sobre:
CONSUMOBRPROPERTIESRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.