Lucro da Vale atinge recorde de R$ 30 bilhões em 2010

A mineradora Vale registrou em 2010 o maior lucro da sua história após ganhos no quarto trimestre de 10 bilhões de reais, comparados aos 2,7 bilhões de reais registrados no mesmo período em 2009. O elevado preço do minério de ferro e a demanda da China foram os principais destaques do resultado.

DENISE LUNA, REUTERS

25 de fevereiro de 2011 | 07h03

A empresa informou que no ano bateu recordes de receitas operacionais, lucro operacional, margem operacional, geração de caixa e lucro líquido. Em 2010, o preço médio realizado do minério de ferro foi de 103,50 dólares a tonelada contra 55,99 dólares um ano antes. O preço médio da pelota subiu de 73,75 por tonelada para 161,29 dolares em um ano.

Já no quarto trimestre de 2010 o preço médio realizado do minério subiu para 121,34 dólares a tonelada e das pelotas foi a 179,53 dólares a tonelada.

No quarto trimestre, o Ebtida (lucro antes juros, impostos, amortizações e depreciações) subiu para 14,6 bilhões de reais contra 3,7 bilhões um ano antes. A receita cresceu para 26,9 bilhões de reais, mais que o dobro dos 12 bilhões de reais do quarto trimestre de 2009.

A receita operacional em 2010 alcançou recorde histórico de 85,3 bilhões de reais, 71,3 por cento acima dos 49,8 bilhões de reais em 2009. No quarto trimestre a receita foi recorde em 26,9 bilhões de reais.

A volta à normalidade das operações de níquel no Canadá foi apontada pela empresa como o principal motivo do maior volume de vendas.

No ano, as vendas para a Ásia representaram 52,2 por cento da receita, sinalizando leve queda em relação aos 55,6 por cento registrados em 2009, quando o mundo se recuperava da crise iniciada em 2008.

As Américas participaram com 24,3 por cento da receita, praticamente estável em relação a 2009, enquanto a Europa demonstrou maior reação e subiu de 16,2 por cento para 19 por cento em um ano, "recuperando o espaço perdido durante a recessão", afirmou a Vale. A China foi responsável por 32,3 por cento da receita anual e o Brasil por 16,8 por cento.

O aumento do preço do minério, no entanto, provocou aumento de gastos para a companhia. O custo dos produtos vendidos (CPV) aumentando em R$ 1,381 bilhão na comparação trimestral, alcançando 10,385 bilhões de reais no quarto trimestre. O CPV totalizou 33,756 bilhões de reais em 2010, 6,006 bilhões a mais do que 2009, impactado pelo maior volume de vendas.

Pela contabilidade norte-americana a Vale lucrou 5,9 bilhões de dólares, contra 1,5 bilhão de dólares no mesmo período há uma ano.

PRODUÇÃO

O volume vendido de minério de ferro e pelotas totalizou 294,414 milhões de toneladas métricas (Mt) em 2010, comparado a 296,241 Mt em 2008, mostrando uma forte recuperação a partir dos 247,261 milhões de toneladas métricas embarcadas em 2009, informou a companhia.

Em 2010, os embarques de minério de ferro somaram 254,902 Mt, 3,4% abaixo do volume de vendas recordes em 2008. Embarques de pelotas totalizaram 39,512 Mt em 2010, os maiores da história da Vale, ultrapassando o recorde anterior de 33,670 Mt de 2007.

Tudo o que sabemos sobre:
MINERACAOVALELUCRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.