Lucro do Fleury sobe 29% no 4o tri; planeja ciclo de expansão

Após fechar o quarto trimestre com avanço de 29,3 por cento no lucro líquido, o grupo de medicina diagnóstica Fleury começa a se preparar para um novo ciclo de expansão em 2014, com investimentos de 300 milhões de reais previstos para este ano.

Reuters

07 de março de 2013 | 20h32

"Começamos um novo ciclo de expansão de unidades de atendimento em 2014, os investimentos vêm antes, em 2013, com a construção e reforma das unidades", disse à Reuters o presidente-executivo da empresa, Omar Hauache.

Segundo ele, a expansão será de 20 por cento da metragem quadrada da empresa, atualmente em 100 mil metros quadrados.

A maioria das expansões está prevista para a capital paulista e devem ocorrer em 2014, com algumas previstas também para este ano. Além de São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul estão nos planos de crescimento da companhia.

"Inclusive temos alguns terrenos alugados para a construção de unidades, algumas já estão em andamento", disse o diretor de relações com investidores, João Patah.

Além do crescimento orgânico, a companhia também vai continuar monitorando possíveis novas fusões e aquisições. "Temos algumas negociações em curso e elas podem sair", afirmou Hauache.

A companhia teve um crescimento orgânico de 13,2 por cento em 2012, resultado de uma maturação da expansão anterior da companhia. Em 2010, o Fleury comprou a rede Labs D'or, por 1 bilhão de reais.

A receita líquida nos últimos três meses de 2012 foi de 376,1 milhões de reais, alta de 13,8 por cento na comparação anual. No fechado de 2012, o avanço foi de 33,4 por cento, a 1,5 bilhão de reais.

"Estamos nos preparando para um crescimento ainda maior. Investimos em contratações e revisão de remuneração para preparar a empresa para um 2013 ainda mais forte", disse o presidente.

Segundo ele, "tudo leva a crer" que o primeiro trimestre tem apresentado um pouco desta expectativa, apesar da forte base de comparação do primeiro trimestre de 2012, quando o lucro do período avançou 16 por cento.

No quarto trimestre, o Fleury teve lucro líquido de 16,5 milhões de reais, alta anual de 29,3 por cento. No fechado do ano, o avanço foi de 5,9 por cento, a 106,6 milhões de reais.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 46,6 por cento no trimestre, para 73,8 milhões de reais, encerrando 2012 a 314,8 milhões de reais, alta de 57,7 por cento.

(Por Juliana Schincariol)

Tudo o que sabemos sobre:
FLEURYEXPANSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.