Lucro líquido da mexicana América Móvil cai 4,7% no 4o trimestre

A mexicana América Móvil informou na terça-feira que lucrou 24,23 bilhões de pesos, ou 1,97 bilhão de dólares, no quarto trimestre de 2010, queda de 4,7 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior.

REUTERS

08 Fevereiro 2011 | 21h53

A empresa, do bilionário mexicano Carlos Slim e uma das maiores companhias de telecomunicações do mundo, disse que registrou vendas de 161,95 bilhões de pesos no trimestre entre outubro e dezembro de 2010, alta de 6 por cento em relação ao mesmo trimestre de 2009.

No ano passado, Slim unificou seus ativos de telefonia móvel, fixa e cabo na América Latina, nos Estados Unidos e no Caribe sob o guarda-chuva da América Móvil, para melhorar a eficiência dos negócios e continuar à frente de sua rival mais próxima na região, a espanhola Telefónica.

No Brasil, a América Móvil é dona da operadora móvel Claro. Além disso, a Telmex, sua controlada, é maior acionista no Brasil da empresa de telefonia Embratel e da operadora de TV paga Net.

(Reportagem de Tomás Sarmiento)

Mais conteúdo sobre:
TELECOM AMERICAMOVIL RESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.