Lula admite propor anistia a todos os imigrantes ilegais

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu hoje que o governo brasileiro poderá propor ao Congresso a aprovação de um projeto de anistia a todos os imigrantes ilegais. Em resposta a uma pergunta sobre essa possibilidade, o presidente afirmou: "O Brasil pode dar o direito de as pessoas continuarem no Brasil. Este país tem lição a dar ao mundo sobre tratamento aos imigrantes. Desde 1850 - não vou falar nem dos portugueses que chegaram em 1500 -, os imigrantes foram tratados com respeito", afirmou, em Belém, onde chegou hoje para participar do Fórum Social Mundial. À noite, os presidentes que participam do FSM estarão no seminário "A América Latina e o Desafio da Crise Financeira", no Fórum Social. Chegaram com Lula a Belém os ministros Tarso Genro, da Justiça, Dilma Rousseff, da Casa Civil, Guilherme Cassel, do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, e Luiz Dulci, da Secretaria Geral da Presidência da República.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.